(11) 4081-1966 

(11) 4081-1966 

A pizza é uma das comidas mais famosas, bonitas e gostosas do mundo. É realmente difícil encontrar alguém que não seja fã dessa iguaria nascida em Nápoles, na Itália.

Sendo inicialmente consumida pelas classes mais pobres da Itália, por ser uma receita simples e que os camponeses faziam a partir de ingredientes básicos de seu próprio cultivo, a pizza começou a ganhar popularidade quando caiu nas graças (e no paladar) da Rainha Marguerita (não, você não leu errado).

A pizza desembarcou no Brasil pelas mãos dos imigrantes italianos, que vieram sobretudo para São Paulo, no fim do século XIX.

Inicialmente uma receita simples, constituída apenas de massa, molho de tomate e queijo, e vendida com um lanche rápido, na década de 20, em meio à grande mistura de raças dentro de São Paulo, os primeiros pizzaiolos de origem não-italiana começaram a aparecer. Eles incorporaram em suas pizzas os temperos e ingredientes de suas próprias culturas e regiões.

O dia da pizza foi introduzido como um evento para premiar as melhores pizzas da cidade em 1985 e, ao longo dos anos, ganhou força e se mantém desde então como uma data comemorativa.

A pizza é um símbolo de confraternização, seja em família, entre amigos ou colegas de trabalho, e são consumidas cerca de 1 milhão delas por dia em São Paulo. A Quitandinha celebra esse dia com muita alegria e deseja a todos um feliz dia da pizza! E você, qual seu sabor favorito? 

Todos nós já sabemos que os queijos brasileiros, especialmente os queijos de Minas Gerais, são famosos e têm uma tradição muito forte. Mas se engana quem pensa que essas delícias produzidas no interior e apreciadas em nossa terra ficam restritas apenas ao deleite nacional. Os queijos minas, depois de conquistarem o Brasil, agora estão rumo à dominação mundial.
Isso pôde ser comprovado em um evento recente na França, uma das capitais mundiais da gastronomia, no Concurso Mondial du Fromage. Entre 700 produtos de 20 países concorrentes, os produtos brasileiros ganharam uma medalha de ouro, sete de prata e três medalhas de bronze. Nossos queijos tendem a deixar as pacatas cidades de Alagoa, localizada no sul de Minas, por exemplo, para as mesas de todos os continentes, e para você, é claro. A Quitandinha oferece em suas feiras a maioria desses queijos super premiados, para você curtir uma feira recheada de comida boa.
Ficou curioso para saber mais sobre os queijos e o concurso em que eles concorreram? Confira mais aqui.

 Curiosidades interessantes
 sobre as festas juninas
A Origem da Feira

Quem não gosta de uma feira? Acordar, principalmente em um Sábado ou Domingo, e andar pelos corredores da feira, entre aromas e texturas que dão água na boca, é uma rotina que já faz parte do hábito brasileiro. Um caldo de cana, um pastel ou uma água de coco gelada caem muito bem em qualquer dia, não é mesmo?

Mas você sabia que essa prática não é recente? A origem da feira próxima à que conhecemos hoje remonta ao ano 500 a.C, em populações árabes, gregas e romanas.

Na Idade Média, por volta dos séculos XI e XIV, as feiras medievais tomaram forma com o comércio mais efervescente que se formou na época, com o declínio do feudalismo e a ascensão da burguesia.

No Brasil, as feiras estão presentes em nossa cultura desde o período colonial, dando os primeiros passos na construção da economia interna. Hoje em dia temos feiras todos os dias em lugares diferentes, onde podemos encontrar produtos da mais alta qualidade a preços bem mais em conta do que nos mercados, por exemplo.

A Quitandinha oferece uma variedade muito interessante de frutas, verduras, legumes, pastéis e muitas outras coisas (jazz, inclusive). Também estamos em um lugar diferente a cada dia, entre espaços residenciais e corporativos. Venha nos conhecer e fazer parte da nossa feira!

Dia da Pizza: Iguaria Mundial,
Nacional e Paulistana
Queijos brasileiros são medalhistas em concurso na França
A Tradição do Pastel de Feira

É quase impossível ira até a feira para comprar as frutas e legumes da semana e não parar para um delicioso pastel. Geralmente localizados logo no início das tendas, a barraca do pastel é sempre muito fácil de encontrar, devido ao grande movimento e aromas gostosos que se concentram em sua fachada.

Mas quando o pastel passou a se tornar uma tradição no Brasil? Como ele virou a estrela da feira e ícone nacional?

A origem mais conhecida do pastel em nossas terras é pelas mãos dos chineses através do rolinho primavera, preparado com carne de porco.

Vendidos no Brasil desde 1890, em 1940, com a imigração japonesa por conta da Segunda Guerra Mundial, o pastel sofreu uma repaginação. Adaptando a receita do tal rolinho chinês, o pastel como conhecemos hoje começou a ser moldado, feito com carne bovina e frito no óleo, alterações que agradaram mais o paladar do brasileiro.Hoje em dia, um bom pastel, com seus inúmeros sabores que vão desde pizza até chocolate, é sinônimo de feira, petisco de boteco, aperitivo em festas, ou seja, ele está presente em todo lugar. E se depender de nós, isso não vai mudar.


Venha provar os mais variados pastéis da Quitandinha, estamos te esperando!

Todos os direitos reservados para A Quitandinha Na Sua Casa - 2017

FIQUE POR DENTRO DA QUITANDINHA NO INSTAGRAM

(11) 4081-1966 

Os benefícios do vegetarianismo já são bastante conhecidos. Entre eles podemos citar a diminuição dos riscos de doenças crônicas como o diabetes, hipertensão e outras doenças cardiovasculares.


Muito se questiona se é possível ganhar músculos seguindo uma dieta vegetariana. Pode parecer algo distante, pensando que todas as indicações para atingir um nível considerável de hipertrofia seguem um padrão de alto consumo de proteína animal.


Porém é um erro dizer que um vegetariano não consegue suprir suas necessidades alimentares apenas com produtos de origem não-animal. É de suma importância consumir uma quantidade de boa de calorias, para que o corpo não sugue as reservas de proteína como fonte de energia.


Vale lembrar que existem vários tipos de vegetarianismo. O tipo ovo-lacto-vegetariano é o mais completo, sendo boas opções de proteína com baixo teor de gordura. Queijo cottage, iogurtes desnatados e ovos cozidos são ótimos substitutos da proteína animal

 Agora você não tem mais desculpas se quiser se tornar vegetariano, não é mesmo? Aproveite para passar na quitandinha e experimentar nossas frutas, legumes e verduras, reservando um espaço para um delicioso pastel com caldo de cana.

É muito comum passearmos pelas feiras e jardins, olhando e salivando com as frutas, e naturalmente pensar que todas elas são de origem brasileira. Afinal, o Brasil é um país tropical e as frutas são nossa marca registrada. Elas estão presentes em vários momentos do nosso cotidiano, no café da manhã, nas bebidas e até nos drinks.

Mas é de se surpreender com quantas dessas frutas na verdade não têm origem no nosso país. A laranja, por exemplo, é originária da china, enquanto a banana remonta ao sudeste da Ásia. O mamão, por sua vez, fruta que muitas pessoas consomem no desjejum e tem a fama de regular o intestino, vem da América Central. A acerola e graviola vêm do norte da América do Sul. A carambola e o jamelão têm sua origem na Índia.

Mas não fique triste, pois ainda temos muitas frutas para chamar de nossas. O abacaxi, açaí, cajá e caju são genuinamente brazucas, além do cupuaçu, da goiaba, maracujá, jabuticaba e muitas outras.

A verdade é que frutas são maravilhosas e não importa de onde vieram. A Quitandinha leva até você todas as frutas mais fresquinhas e gostosas para você curtir uma feira no conforto da sua casa e de sua empresa. Venha nos conhecer!

​Você já deve saber que nós da Quitandinha adoramos uma boa feira. Não é de hoje que muita gente curte um bom mercado a céu aberto com tudo de mais gostoso e fresco.

Não temos reclamações sobre as feiras do Brasil, mas se você for turistar por aí e não consegue se manter longe da feira, vamos te contar agora quais são as feiras mais famosas espalhadas ao redor do mundo.

Desde o Século XI, o Rialto Market encontra-se em Veneza, Itália. Antes localizado na Ponte Rialto, ele agora está presente às margens do Grande Canal. Você deve tê-lo visto em uma das cenas de 007 Casino Royale.

O Temple Street Night Market, em Hong Kong, começa suas atividades no final da tarde e costuma lotar bastante. É possível encontrar roupas, dispositivos eletrônicos e artigos usados.

Na Inglaterra, o Camden Lock Market é a quarta atração mais popular de Londres e recebe 100 mil visitantes todo final de semana. É vendido artesanato, roupas, comidas e outras coisas.

O Grand Bazaar, localizado na Turquia, é uma das maiores feiras do mundo, com mais de 3 mil lojas espalhadas em 61 ruas. É uma referência em Istambul e recebe até 400 mil pessoas por dia.

Deu para ver que as feiras fazem sucesso e são uma febre em qualquer lugar, não é? Então venha conhecer a nossa, a Quitandinha espera por você!​

Você sabia que a festa junina surgiu como uma comemoração na Europa, que agradecia a fertilidade do solo e as colheitas? Foi só a partir do Século XVII que ela foi trazida para o Brasil pelos colonos portugueses, que agregaram elementos católicos que celebram o dia de Santo Antônio, São João e São Pedro.

Com as Festas Juninas também surgiram as decorações características, assim como as músicas, danças e comidas típicas, que, graças à época de milho, encontram no grão grande parte de suas receitas: pamonha, pipoca, canjica, cural etc.

Outras guloseimas maravilhosas como o arroz doce, cocada, maçã do amor e pé de moleque são encontradas nos arraiás e quermesses por todo o País.

Todas essas delícias também estão nas feiras da Quitandinha. Você não pode perder!

Musculação x Vegetarianismo
Frutas que não são de origem brasileira
As Feiras mais famosas do mundo

​​​BLOG

Bem-vindos ao blog da Quitandinha! Aqui você vai encontrar materiais exclusivos toda semana! 

Quer ter a Quitandinha no seu condomínio ou evento? Entre em contato conosco: 

comercial@aquitandinhansc.com.br 

Acompanhe nossas redes sociais

(11) 4081-1966 

(11) 3090-8420